nav-logo
Compartilhe

    Bartolinite: entenda o que é e como tratar

    Doença ginecológica não tem formas de prevenção e o tratamento deve ser feito com antibióticos

    Por Danielle SanchesPublicado em 04/01/2024, às 08:49 - Atualizado em 04/01/2024, às 11:30

    bartolinite

    A Bartolinite é uma doença que ocorre quando há uma obstrução nas glândulas de Bartholin, localizadas na entrada da vagina e que colaboram com a sua lubrificação.    

    O problema ginecológico é provocado por infecções bacterianas e causa dor e incômodo no local. Continue a leitura para entender mais sobre esse quadro de saúde e como ele pode ser tratado. 

    O que é bartolinite? 

    Bartolinite é uma doença ginecológica que ocorre quando há uma obstrução nas glândulas de Bartholin, que ficam localizadas na entrada da vagina e colaboram com a sua lubrificação.   

    Essa obstrução provoca a formação de um cisto no local. Dependendo da gravidade, ele pode evoluir para um abscesso com secreção purulenta (ou seja, com a presença de pus).   

    Agendar consulta

    O que causa bartolinite? 

    A principal causa da bartolinite são infecções bacterianas provocadas pelo contato com esses microrganismos. No entanto, traumas locais e até uma queda na imunidade podem fazer com que as bactérias da própria vagina proliferem de forma irregular e provoquem o quadro. 

    Bartolinite é DST?  

    O termo DST (doenças sexualmente transmissíveis) não é mais utilizado. Em substituição, o Ministério da Saúde adotou a sigla IST, que significa infecções sexualmente transmissíveis. 

    A bartolinite é provocada por uma infecção causada por bactérias, que podem tanto ser as mesmas que provocam ISTs (infecções sexualmente transmissíveis), como as que causam gonorreia e clamídia; como bactérias presentes na microbiota vaginal e até na intestinal e que não são sexualmente transmissíveis, como a E. coli. Portanto, a bartolinite não é considerada uma IST. 

    Leia mais: conheça as principais ISTs, causas e tratamentos 

    Quais são os sintomas de bartolinite? 

    O principal sintoma da bartolinite é a dor no local, considerada bastante incômoda e que atrapalha tanto a relação sexual como atividades do dia a dia, como ficar sentada. Outros sintomas incluem:    

    • Inchaço da vulva;  
    • Vermelhidão;  
    • Formação de cisto;  
    • Presença de pus.

    Bartolinite é grave? 

    Na maioria dos casos, a doença regride com o tratamento. Os casos mais graves podem formar um abscesso (cisto com pus e restos orgânicos) e ser necessário a drenagem do pus. Mesmo assim, não há complicações mais graves.  

    Como é feito o diagnóstico? 

    O diagnóstico da bartolinite é feito de forma clínica, ou seja, é realizado em consultório após exame físico e anamnese com a paciente.   

    Qual é o tratamento para bartolinite? 

    O tratamento da bartolinite é feito por meio de uso de antibióticos, já que o problema é provocado por uma infecção bacteriana. Além disso, em alguns casos, é preciso drenar o cisto ou abscesso, o que pode ser feito em consultório.   

    Outra medida importante é a realização de compressas quentes em casa, o que ajuda a drenar o líquido de forma espontânea e aliviar o problema.    

    Qual médico procurar? 

    O médico habilitado para tratar de condições como a bartolinite é o ginecologista.   

    Agendar consulta

    Fonte: Dra. Manuele Calil, ginecologista e obstetra do CHN (RJ). 

    Encontrou a informação que procurava?
    nav-banner

    Veja também