nav-logo
Compartilhe

    Hérnia de disco: entenda o que pode causá-la

    Bastante frequente, o problema afeta a coluna e pode ser incapacitante

    Fonte: Dr. Paulo BorgesMédico ortopedistaPublicado em 03/01/2024, às 17:23 - Atualizado em 04/01/2024, às 11:30

    hérnia de disco

    A hérnia de disco é uma condição que afeta a coluna vertebral e pode causar dor nas costas e outros desconfortos. Esta alteração degenerativa na coluna é bastante frequente na população e, em alguns casos, pode se tornar incapacitante.  

    A seguir, veja detalhes sobre os principais sintomas, tipos e como é feito o diagnóstico e tratamento da hérnia de disco.  

    O que é hérnia de disco?  

    A hérnia de disco é um problema de saúde que afeta os discos intervertebrais da coluna vertebral, localizados entre as vértebras. Eles funcionam como amortecedores, proporcionando flexibilidade à coluna.  

    Esses discos possuem uma parte externa mais resistente (chamada de anel fibroso) e uma parte interna mais gelatinosa (conhecida como núcleo pulposo).  

    A hérnia de disco ocorre quando o disco perde a capacidade de se movimentar, o anel fibroso se rompe e seu núcleo se projeta para fora. Isso provoca uma protuberância que pressiona as estruturas nervosas próximas.   

    Há dois tipos de hérnia de disco: a hérnia de disco lombar e a hérnia de disco cervical. A seguir, veja detalhes sobre elas.   

    Agendar consulta on-line

    Hérnia de disco lombar  

    A hérnia de disco lombar é uma condição em que há uma ruptura do material do disco intervertebral na região lombar da coluna vertebral.  Nesse caso, atinge a parte inferior das costas, onde a coluna vertebral se curva para dentro.  

    Hérnia de disco cervical  

    A hérnia de disco cervical ocorre quando há uma ruptura do material do disco intervertebral na região cervical da coluna vertebral, ou seja, a região do pescoço.  

    O que pode causar hérnia de disco?  

    Entre as principais causas da hérnia de disco estão:  

    • Fatores genéticos.   
    • Envelhecimento dos discos intervertebrais.  
    • Falta ou excesso de atividade física.  
    • Má postura crônica.  
    • Exposição a cargas pesadas e/ou repetidas.   
    • Tabagismo.  
    • Obesidade. 

    Quais são os sintomas de hérnia de disco?  

     Os sintomas de uma hérnia de disco variam de acordo com sua localização e da gravidade da compressão dos nervos.  Os principais sinais do problema de saúde incluem:  

    • Dor nas costas, na região lombar (hérnia de disco lombar) ou no pescoço (hérnia de disco cervical). 
    • Irradiação de dor, ou seja, pode irradiar para outras partes do corpo, como nádegas, pernas (dor no nervo ciático), ombros, braços e mãos.  
    • Formigamento e dormência.  
    • Fraqueza muscular.  
    • Sensação de queimação. 
    • Quando há compressão da medula espinhal, pode surgir dificuldade no controle da bexiga ou do intestino. 

    Como é feito o diagnóstico?  

    O diagnóstico de uma hérnia de disco envolve uma avaliação médica detalhada, com análise de sintomas, histórico médico e fatores de risco.  Em seguida, o ortopedista solicita exames de imagens, como raio-x, ressonância magnética e tomografia computadorizada.    

    Hérnia de disco tem cura?  

    Sim, é possível curar a hérnia de disco. Os tratamentos variam, podendo envolver cirurgia ou não. Porém, há fatores que contribuem para o surgimento da hérnia de disco e que não podem ser revertidos, como o envelhecimento.   

    Como o tratamento é feito?  

    O tratamento de uma hérnia de disco varia de acordo com a gravidade dos sintomas, localização da hérnia e as necessidades específicas de cada pessoa. Entre as abordagens terapêuticas indicadas para a hérnia de disco, destacam-se:  

    • Uso de medicamentos para aliviar a dor e reduzir a inflamação.  
    • Fisioterapia para aumentar a flexibilidade e melhorar a postura. 
    • Educação do paciente, ou seja, explicar a importância de mudanças de hábitos, como manter a postura, evitar pegar peso e praticar exercícios regulares.  
    • Em casos mais graves, quando os outros tratamentos não se mostram eficazes, a cirurgia na coluna pode ser considerada. Nessa situação, procura-se descomprimir as estruturas nervosas.  

    Qual médico procurar?  

    O ortopedista é o especialista em prevenir e tratar os problemas musculoesqueléticos, incluindo os que afetam a coluna vertebral. Portanto, ele pode diagnosticar e indicar tratamentos para as hérnias de disco. 

    Agendar consulta on-line

    Encontrou a informação que procurava?
    nav-banner

    Veja também