nav-logo
Compartilhe

    O que é ecografia? Conheça o exame

    Procedimento pode ser solicitado para check-up, investigação de doenças ou acompanhamento de tratamentos

    Por Tiemi OsatoPublicado em 05/12/2023, às 16:41 - Atualizado em 06/12/2023, às 09:07

    ecografia

    Agendar exame

    A ecografia é um exame de imagem frequentemente solicitado por médicos. Ela pode ajudar na visualização de várias partes do corpo, sendo um método não-invasivo ou minimamente invasivo e que não utiliza radiação. 

    O que é ecografia?  

    A ecografia é um exame que obtém imagens internas do corpo a partir de ondas sonoras. O procedimento é feito por meio do transdutor, dispositivo que o profissional desliza sobre a pele do paciente com o auxílio de um gel. 

    Esse aparelho emite e capta ondas sonoras, possibilitando que as imagens sejam formadas em um monitor e, então, analisadas por um especialista. 

    Ecografia com Doppler  

    A ecografia com Doppler viabiliza a análise dos vasos sanguíneos, mostrando a velocidade e o sentido do fluxo de sangue. 

    Qual é a diferença entre ecografia e ultrassonografia?  

    Não existe diferença entre ecografia e ultrassonografia. São apenas termos distintos para o mesmo exame, que também é chamado de ultrassom. 

    Quando a ecografia é indicada?  

    A ecografia pode ser solicitada em diversas situações, incluindo: 

    • Check-up; 
    • Investigação de alguma condição de saúde; 
    • Acompanhamento do paciente durante um tratamento; 
    • Situações de emergência. 

    Quais condições a ecografia pode detectar?  

    A ecografia permite examinar, por exemplo, o tamanho, a superfície e o contorno de uma estrutura do corpo. Com base na avaliação dessas características, é possível identificar eventuais alterações. 

    Como você verá a seguir, a ecografia pode detectar uma série de condições, dependendo do tipo do exame. Entre elas, estão: malformações fetais, miomas, cistos, nódulos, tumores, cálculos e inflamações. 

    Tipos de ecografia   

    A ecografia é capaz de auxiliar na avaliação de várias partes do organismo. Algumas das modalidades mais comuns desse exame são: 

    Ecografia morfológica 

    A ecografia morfológica é fundamental para o acompanhamento da gravidez. Geralmente, ela é feita no primeiro trimestre (com 12 semanas) e no segundo trimestre (entre 20 e 24 semanas). 

    Esse exame avalia tanto a saúde da gestante quanto a saúde do bebê, observando uma série de elementos: estrutura de órgãos vitais, frequência cardíaca, placenta, líquido amniótico, entre outros. 

    Dessa maneira, é possível detectar ou descartar malformações e avaliar o risco para algumas condições – como síndrome de Down na criança ou pré-eclâmpsia na mãe (hipertensão arterial na gravidez). 

    Ecografia transvaginal  

    A ecografia transvaginal permite a visualização do colo do útero, do útero, dos ovários, das tubas uterinas e da bexiga. 

    Ela costuma ser solicitada anualmente após o início da vida sexual e em situações específicas nas quais há sintomas como dor pélvica intensa na menstruação, dor na relação sexual, corrimentos atípicos e sangramentos irregulares. 

    O exame também é feito no início da gravidez, nas primeiras 10 semanas, para localizar a gestação (ou seja, avaliar se está dentro ou fora do útero) e datá-la. 

    Esse procedimento pode auxiliar na identificação de miomas, cistos, endometriose, infecções, gravidez ectópica e tumores. 

    Ecografia mamária   

    A ecografia mamária é muito utilizada para detectar lesões, nódulos, cistos e infecções nas mamas, além de servir para acompanhar próteses. 

    Esse exame pode auxiliar também no diagnóstico de câncer de mama – lembrando que, para o rastreamento do tumor maligno, o método mais indicado é a mamografia devido à sua maior sensibilidade. 

    Ecografia abdominal total  

    A ecografia abdominal total ajuda a investigar dores e outros desconfortos na região do abdômen. 

    Nesse procedimento, o médico consegue analisar várias estruturas: rins, fígado, vesícula biliar, pâncreas, baço, bexiga, veia cava inferior e aorta. 

    Assim, é possível identificar nódulos, cálculos (pedras), tumores, cistos, pólipos, inflamações, entre outras alterações. 

    Ecografia: preço e onde fazer  

    Para obter mais informações sobre os tipos de ecografia, consultar preços e localizar o laboratório mais próximo da sua região, basta acessar o Nav. 

    Agendar exame

    Fonte: Dra. Ana Glauce Carvalho, médica ultrassonografista do Laboratório Exame 

    Encontrou a informação que procurava?
    nav-banner

    Veja também

    Escolha o dia, horário e onde fazerAgendar exame