nav-logo
Compartilhe

    Sangramento nasal: veja medidas para amenizar o problema

    Também chamada de epistaxe, condição pode ser consequência de fatores como lesões e ar seco

    Fonte: Dr. Rafael Monaco RaposoMédico otorrinolaringologista do Hospital Santa PaulaPublicado em 06/12/2023, às 17:39 - Atualizado em 06/12/2023, às 17:49

    sangramento nasal

    O sangramento nasal é uma condição comum e, em geral, não costuma ser preocupante. 

    Apesar disso, é preciso tomar alguns cuidados para não agravar o quadro e entender que existem situações nas quais é, sim, recomendado procurar um médico. 

    O que é epistaxe?  

    Epistaxe é o termo médico utilizado para se referir ao sangramento nasal. Essa é uma condição comum que ocorre quando os vasos sanguíneos dentro do nariz se rompem e causam um sangramento. 

    Agendar consulta on-line

    O que pode causar sangramento nasal?  

    Existem várias causas possíveis para o sangramento nasal. Algumas das principais incluem:  

    • Ar seco: o ar seco pode ressecar as mucosas nasais, tornando-as mais suscetíveis a fissuras e sangramentos; 
    • Lesões no nariz: qualquer tipo de trauma no nariz, como uma batida ou uma fratura, pode levar a sangramento; 
    • Alergias: indivíduos com rinite alérgica, por exemplo, podem apresentar sangramento nasal; 
    • Infecções: infecções nasais, como sinusite ou resfriados, podem causar inflamação, inchaço da mucosa nasal e sangramento. 

    Pressão alta e sangramento nasal: qual é a relação?  

    A pressão alta (ou hipertensão) não é uma causa direta de sangramento nasal. Porém, em casos raros, a pressão arterial elevada pode aumentar o risco de sangramento devido à pressão adicional exercida nos vasos sanguíneos. 

    É importante controlar a pressão arterial para evitar complicações, mas é improvável que a pressão alta seja a causa principal do sangramento nasal. 

    Nariz sangrando: o que fazer?  

    Entre as medidas que podem ajudar a amenizar o sangramento nasal, estão:  

    • Inclinar-se para a frente, para evitar engolir o sangue; 
    • Apertar suavemente as narinas com os dedos, mantendo a pressão por cerca de 10 minutos; 
    • Usar um pano frio ou uma bolsa de gelo na região do nariz para ajudar a contrair os vasos sanguíneos; 
    • Evitar assoar o nariz com força, pois isso pode piorar o sangramento; 
    • Manter o ambiente úmido, usando um umidificador ou colocando uma toalha úmida perto do nariz. 

    Quando o sangramento no nariz é preocupante?  

    Geralmente, o sangramento nasal não é preocupante e pode ser tratado em casa. No entanto, existem algumas situações que exigem avaliação especializada. 

    É importante procurar atendimento médico se o sangramento: 

    • Não parar após 20 minutos de pressão nasal; 
    • For intenso ou ocorrer após uma lesão grave; 
    • Causar dificuldade para respirar ou engolir; 
    • For recorrente e sem causa óbvia. 

    Qual médico procurar?  

    O médico mais recomendado para lidar com casos de sangramento nasal é o otorrinolaringologista, profissional especializado em doenças e distúrbios relacionados a nariz, ouvidos, laringe, faringe, garganta e cordas vocais. 

    A partir de uma avaliação e um exame físico, o otorrino é capaz de encontrar e tratar a causa do sangramento no nariz. 

    Agendar consulta on-line

    Encontrou a informação que procurava?
    nav-banner

    Veja também