nav-logo
Compartilhe

    Hepatograma: saiba o que é e quais doenças ele detecta

    Exame de sangue avalia o funcionamento do fígado e pode indicar doenças como hepatite, cirrose e câncer

    Por Danielle SanchesPublicado em 10/01/2024, às 12:38 - Atualizado em 17/01/2024, às 10:44

    hepatograma

    Agendar exame

    O hepatograma ou perfil hepático é um conjunto de exames de sangue que avaliam o funcionamento do fígado e das vias biliares.  órgão que tem papel importante na digestão e no metabolismo.   

    De forma sucinta, o exame nos fornece uma análise primária, que deve ser ampliada, a depender da presença de alterações. Continue a leitura para entender como ele é feito e quando é indicado. 

     

    O que é hepatograma? 

    O hepatograma é um exame composto por algumas análises laboratoriais que avaliam a função hepática (do fígado) e das vias biliares. O exame tem um papel importante na identificação de problemas no fígado, permitindo a intervenção médica precoce, caso seja necessária.   

    Quais são os exames que compõe o hepatograma? 

    Os exames que compõem o hepatograma são:   

    • Enzimas hepáticas: as enzimas hepáticas são proteínas produzidas pelo fígado. Quando o órgão está com algum problema, as enzimas podem ser liberadas na corrente sanguínea. As mais comuns avaliadas no hepatograma são AST (aspartato aminotransferase) e ALT (alanina aminotransferase), antigamente chamadas de TGO e TGP (transaminase glutâmica oxalacética e transaminase glutâmica pirúvica, respectivamente); Gama GT (gama-glutamiltransferase); e Fosfatase alcalina (FA). 
    • Bilirrubinas totais e frações: substância produzida pela quebra dos glóbulos vermelhos (ou hemácias). Quando os glóbulos vermelhos são quebrados, a bilirrubina é transportada para o fígado, onde é convertida em bilirrubina conjugada (direta). A bilirrubina conjugada é então excretada na bile e eliminada do corpo através das fezes e da urina. 
    • Proteínas totais: as proteínas totais são uma medida da quantidade de proteínas no sangue. São compostas por diversas proteínas, incluindo albumina, globulinas e fibrinogênio, entre outras. 

    Como o exame é feito? 

    O hepatograma é realizado por meio de uma coleta de sangue simples e não exige nenhum preparo especial. 

    Hepatograma precisa de jejum? 

    Geralmente, o hepatograma não precisa de jejum. No entanto, alguns laboratórios podem solicitar um jejum de 8 a 12 horas antes do exame.  

    Quais doenças o hepatograma pode detectar? 

    O hepatograma pode ser usado no diagnóstico de diversas doenças do fígado e chamar atenção para doenças da via biliar, incluindo:  

    • Hepatite (inflamação do fígado); 
    • Cirrose (doença crônica que indica dano ao tecido do órgão); 
    • Esteatose hepática (popularmente chamada de “gordura no fígado”); 
    • Câncer de fígado; 
    • Obstrução da via biliar (secundário a cálculo ou até tumor); 
    • Doença autoimune da via biliar (colangite esclerosante primária ou colangite biliar primária).

    Qual médico procurar em caso de alterações? 

    Se o resultado do hepatograma apresentar alterações, é importante procurar um médico para diagnosticar a causa da alteração e iniciar o tratamento adequado. O médico mais indicado para tratar doenças do fígado é o hepatologista. 

    Agendar consulta on-line

    Fonte: Dra. Lisa Rodrigues da Cunha Saud, hepatologista do Hospital Nove de Julho (SP) 

    Encontrou a informação que procurava?
    nav-banner

    Veja também