nav-logo
Compartilhe

    Disbiose intestinal: condição pode estar associada a uma série de doenças

    O tratamento da disbiose intestinal envolve a adoção de hábitos saudáveis e a prescrição de medicamentos

    Fonte: Dr. Décio ChinzonMédico gastroenterologistaPublicado em 27/11/2023, às 12:10 - Atualizado em 28/11/2023, às 11:43

    disbiose intestinal

    Agendar consulta online

    A disbiose intestinal é um problema relacionado à microbiota intestinal – ou seja, à comunidade de bactérias, fungos, arqueas e vírus que habitam o intestino. 

    Embora seja uma condição intimamente atrelada à região intestinal, ela pode afetar vários sistemas do organismo. Isso se deve à importância da microbiota intestinal, que tem ampla atuação no corpo humano. 

    Essa comunidade diversa de microrganismos do intestino contribui para a regulação das funções metabólicas e fisiológicas do organismo, a maturação do sistema imunológico e a manutenção da homeostase (equilíbrio interno do corpo). 

    O que é a disbiose intestinal?  

    A disbiose intestinal é o desequilíbrio da microbiota intestinal. Essa alteração impacta o equilíbrio e a saúde do indivíduo, sendo capaz de influenciar uma série de doenças, como as gastrointestinais, as cardiovasculares, as metabólicas e as degenerativas. 

    Se você for profissional de saúde e quiser saber mais sobre as relações entre a microbiota intestinal e as doenças metabólicas, confira o conteúdo da Biblioteca Científica Dasa Educa. 

    Agendar consulta online

    O que causa a disbiose intestinal?  

    A disbiose intestinal é uma condição multifatorial, que não tem uma causa única. Entre os fatores que podem levar a esse problema, estão: 

    • Sedentarismo; 
    • Estresse emocional; 
    • Consumo excessivo de alimentos ultraprocessados e/ou ricos em gorduras e açúcares; 
    • Infecções; 
    • Quimioterapia; 
    • Doenças autoimunes; 
    • Doenças hepáticas; 
    • Uso de medicamentos (como antibióticos, anti-inflamatórios e antiácidos). 

    Quais são os sintomas da disbiose intestinal?  

    A disbiose intestinal não produz sintomas. No entanto, sabe-se que ela pode estar associada a uma série de doenças, sendo elas do aparelho digestivo ou de outros aparelhos do organismo, como: 

    • Doença de Crohn; 
    • Retocolite ulcerativa; 
    • Síndrome do intestino irritável; 
    • Diabetes; 
    • Hipertensão; 
    • Obesidade. 

    Se você for profissional de saúde e quiser saber mais sobre as relações entre a microbiota intestinal e as doenças metabólicas, confira o conteúdo da Biblioteca Científica Dasa Educa. 

    Como é feito o diagnóstico?  

    O diagnóstico da disbiose intestinal pode ser feito pelo exame do microbioma intestinal. 

    Esse teste consiste em um estudo genético realizado a partir de uma amostra fecal do paciente, que permite mapear a população de bactérias e, assim, identificar quais estão predominando no tubo digestivo do indivíduo. 

    Qual é o tratamento para a disbiose intestinal?  

    O tratamento da disbiose intestinal envolve uma série de medidas, incluindo a adequação de aspectos comportamentais, o planejamento de uma dieta saudável e a prescrição de medicamentos. 

    Do ponto de vista comportamental, sabe-se que o tabagismo, o álcool, o estresse emocional, o sedentarismo e a obesidade têm impactos negativos no equilíbrio da microbiota intestinal. Por isso, é importante: 

    • Não fumar; 
    • Não ingerir bebidas alcoólicas; 
    • Cuidar da saúde mental; 
    • Praticar atividades físicas com frequência; 
    • Manter um peso adequado. 

    Já quanto à alimentação, é fundamental evitar uma dieta rica em gorduras saturadas, que tendem a favorecer microrganismos patogênicos presentes na microbiota intestinal. 

    O ideal é priorizar uma dieta rica em fibras, que conte com diversos alimentos in natura ou minimamente processados. Esse tipo de alimentação pode estimular a defesa do organismo e a produção de microrganismos que contribuem para a correção da disbiose. 

    Por fim, outro recurso que pode auxiliar o tratamento da disbiose intestinal são os medicamentos. Tanto os antibióticos quanto os probióticos (bactérias vivas) podem trazer benefícios para pessoas com disbiose se dados na concentração e tempo corretos. 

    Qual médico procurar?  

    Casos de disbiose intestinal podem ser acompanhados e tratados pelo médico gastroenterologista, que é especializado no aparelho digestivo. 

    Agendar consulta online

    Encontrou a informação que procurava?
    nav-banner

    Veja também

    Faça sua consulta sem sair de casaAgendar consulta online